Mais Saúde 21/10

Rogério Tolardo é Farmacêutico / Consultor de Negócios, Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Univali, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV

Menopausa é o período fisiológico que ocorre após a última menstruação espontânea, é neste espaço de tempo que estão sendo encerrados os ciclos menstruais e ovulatórios da mulher.

Só pode ser considerado menopausa após um ano do último fluxo menstrual, uma vez que durante esse intervalo  a mulher ainda pode ocasionalmente menstruar. Nesse período de transição que antecede a menopausa chamamos climatério.

O climatério representa a passagem da fase reprodutiva para a não reprodutiva e isso acontece devido à diminuição na produção dos hormônios responsáveis pelos ciclos menstruais e fertilidade da mulher, a intensidade dos seus sintomas variam de acordo com cada organismo.

A menopausa é um estágio normal na vida de todas as mulheres, é nesse período que ocorrem as transformações do organismo feminino e justamente nesta fase podem aumentar as possibilidades do aparecimento ou agravamento de certas doenças, portanto, todo cuidado é pouco. Realize visitas periódicas ao seu médico a fim de monitorar as mudanças que estão ocorrendo.

Não há uma idade exata para a menopausa surgir, podendo variar de mulher para mulher, mas em média pode ocorrer entre 45 e 55 anos, de forma espontânea ou cirúrgica (a chamada menopausa precoce). A menopausa cirúrgica ocorre após a retirada dos ovários ou do útero. Quando aparece após os 55 anos, é intitulada menopausa tardia.

O diagnóstico da menopausa é feito com base nos sintomas que a mulher apresenta, como já mencionado, sua principal característica é ficar sem menstruar por pelo menos 12 meses consecutivos. O médico também poderá solicitar a realização de um exame para verificar a taxa de FSH (hormônio folículo estimulante) no sangue para comprovar efetivamente a menopausa.

Durante o climatério, é comum as mulheres sentirem outros sintomas físicos e comportamentais tais como: ausência da menstruação, ressecamento vaginal (secura), ondas de calor, suores noturnos, insônia, diminuição no desejo sexual, diminuição da atenção e memória, perda de massa óssea (osteoporose), aumento do risco cardiovascular, alterações na distribuição da gordura corporal e depressão.

O tratamento para menopausa é indicado para mulheres que manifestam sintomas intensos que comprometem sua vida profissional, familiar e afetiva. Pode ser feito com o uso de medicamentos receitados pelo médico a base de estrogênio e progesterona, mas é contraindicado para mulheres que apresentam hipertensão, colesterol alto ou históricos de alguns tipos de câncer na família. Neste caso, pode-se sugerir a suplementação com fitohormônios como de soja, Vitex agnus castus ou semente de linhaça, sob orientação médica.

 



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina