Tosse

Rogério Tolardo é Farmacêutico / Consultor de Negócios, Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Univali, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV

Bastante comum nesta época do ano, a tosse é tida por muitos como excessivamente irritante, compromete a qualidade do sono e aumenta os níveis de ansiedade, mas, o que pode estar por trás de uma tosse?!...

A tosse é um reflexo involuntário natural do corpo, resultado de uma contração da musculatura torácica, a pressão do ar é aumentada sobre o pulmão para eliminar uma irritação pulmonar. Em muitos os casos, esse reflexo é de certa forma benéfico, é graças a tosse que o organismo consegue expelir secreções ou algum tipo de corpo estranho, impedindo que desçam até áreas mais profundas dos pulmões. Entretanto, quando a tosse permanecer por longos períodos ou acompanhados por falta de ar ou secreções pode ser algo mais grave e o médico deve ser consultado. 

Existem essencialmente dois tipos comuns de tosse: a tosse seca e a tosse produtiva. Normalmente a tosse produtiva é acompanhada por secreção, muco com aspecto claro ou purulento, indicando um aspecto infeccioso. 

Ainda, a tosse pode ser classificada por aguda, subaguda e crônica. Na tosse aguda geralmente inicia de forma repentina e normalmente se deve a um resfriado, gripe ou até mesmo uma sinusite desaparecendo em até três semanas, na tosse subaguda, o tempo de duração é em torno de três a oito semanas e na tosse crônica pode durar até mais de oito semanas. 

Entre as causas mais comuns para o surgimento da tosse estão: 

  • Alguns tipos de medicamentos que controlam a pressão arterial 
  • Asma
  • Tabagismo ou poluição ambiental
  • Doença de refluxo gastroesofágico
  • Sinusites
  • Bronquite aguda
  • Alguns tipos de problemas cardíacos
  • Pneumonia
  • Tuberculose
  • Alergias

Quando a pessoa deve procurar ajuda médica?

Procure um atendimento médico de emergência quando sentir falta de ar ou alguma dificuldade para respirar, dificuldade para engolir, sentir a garganta inchada ou com algum tipo de urticária no rosto. 

Você ainda deve procurar ajuda médica caso perceba alguns dos sintomas: 

  • Bebês menores de três meses com tosse
  • Tosse por mais de 14 dias
  • Mal-estar geral
  • Tosse com marcas de sangue
  • Quadro febril
  • Falta de apetite
  • Catarro espesso com coloração verde-amarelada
  • Tosse violenta iniciada de repente
  • Perda repentina de peso ou suores noturnos

Alguns cuidados são válidos para o alívio da tosse como remédios caseiros feitos com mel, limão e gengibre, no entanto, por vezes o uso de xaropes encontrados em farmácias são necessários, consulte o farmacêutico para uma melhor indicação. Além disso, procure sempre se manter bem hidratado. 

Siga sempre as orientações de tratamento passadas pelo seu médico ou farmacêutico e nunca se automedique. Vale lembrar para não interromper por conta o tratamento prescrito, pois, pode agravar em muito os sintomas e dificultar a recuperação. 



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina