Notas da Redação

Notas da Redação - 11/10/2019

Avenida Santa Catarina

As obras na Avenida Santa Catarina continuam. Mas a sinalização ainda é problemática, principalmente no trecho próximo ao semáforo, logo na entrada da rua Leopoldo Leite. Está sendo construído um retorno, onde já houve um acidente por falta de sinalização. Além disso, no mesmo trecho se sente a falta de uma faixa de pedestres. E tudo indica que a situação fique ainda mais complicada com a remoção do semáforo. Eloisa Chiamulera, a secretária de Planejamento Urbano, garante que os problemas diminuirão assim que a sinalização, que ainda não foi concluída, for completamente implantada. 



Transporte Coletivo

Passados alguns meses após a polêmica integração imposta pela Praiana, a comunidade quer respostas sobre as mudanças no transporte coletivo. O vereador John Lenon, do PSDB, solicitou que a prefeitura apresente os resultados da integração do transporte coletivo urbano de Camboriú. Lenon relata que recebe diariamente inúmeras solicitações de melhorias em relação aos horários, construção de novos pontos de ônibus e ampliação das linhas de atendimento. O vereador desabafa: "Se o número de reclamações é tão grande, a integração não está apresentando resultados positivos. A população está crescendo, as pessoas deixam de usar o transporte coletivo, pois ele não é eficiente, optando assim por usar o próprio veículo, aumentando cada vez mais o trânsito na cidade"

Não consegui entrar em contato com o prefeito essa semana, mas já deixo o espaço aberto para as respostas.

Jane critica deputados do MDB

Jane Stefenn, da REDE, esteve em Brasília em busca de verba para o município. A vereadora, que viajou acompanhada de sua família, criticou dois deputados do MDB. Um deles é Rogério Peninha, amigo do prefeito Elcio. Segundo Jane, Peninha disse que "não gosta de atender vereador, o negócio dele é direto com o prefeito". Apesar do insucesso com a bancada do MDB, a parlamentar conseguiu 1.800.000,00 em recursos para a Saúde, Educação e obras de pavimentação na Várzea do Ranchinho. Jane, que é autora da Lei de Incentivo a Cultura, não conseguiu recursos para investimentos na Cultura do município.


Bolsonaro e o PSL

O presidente Jair Bolsonaro ensaia o desembarque do PSL. O motivo da insatisfação é a dificuldade da família Bolsonaro para controlar a legenda e seus diretórios regionais, que não aceitam a imposição dos nomes do grupo. Yalli Rauber, presidente do PSL de Camboriú, entende que a saída da sigla, embora provável, ainda não foi efetivada: "Penso que ainda não seja definitiva a decisão do Bolsonaro em sair do partido, mas com certeza ele deverá levar consigo - caso efetivamente saia da sigla - muitos de seus eleitos e filiados. A exemplo da esmagadora maioria, filiei-me a sigla para promover a mudança na sociedade brasileira na medida de minhas possibilidades. Vamos aguardar, mas esse ato é reflexo da falta de transparência e organização das executivas estaduais e da nacional", declara o advogado. Yalli deve seguir os passos de Bolsonaro, caso o presidente abandone a sigla atual.





linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina