Notas da Redação

Notas da Redação 534

Por Luiz Antonio Tecau

Pipoca
Vereadores estão querendo explicações sobre máquinas de pipocas instaladas em algumas escolas municipais. Aliás, foi um vereador que protocolou um requerimento pedindo os esclarecimentos sobre as maquininhas de pipoca nas escolas: John Lenon Teodoro. O parlamentar quer saber, entre outras coisas: se houve licitação, se não houve, quem autorizou, qual a empresa responsável pelas máquinas, entre outros questionamentos. 

Conversei com duas diretoras, que me explicaram que as máquinas entraram nas unidades escolares via APP (Associação de Pais e Professores), e que a associação fica com 20% do que é vendido nas maquininhas. Até onde eu sei, as APPs tem autonomia para isso. E na minha opinião, todo dinheiro que entra para as escolas, seja via APP ou por outros meios legais, é muito bem vindo e de muita importância para as unidades escolares públicas, que tanto carecem de recursos.

Deixa a pipoca estourar, vereador. Tem coisa mais importante pra fiscalizar na cidade.

Lei Rouanet
Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece. Ironia, eu falar de reza pra bater de novo na tecla do Estado Laico. Mas parece que a mistura igreja/estado só tende a aumentar nesses tempos de conservadorismo e populismo. Explico: Foi aprovado pela Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados o projeto que dá a eventos promovidos por igrejas relacionados à música religiosa o direito de utilizar os mecanismos de incentivo da Lei Rouanet. Hoje, a lei de incentivo à cultura reconhece a música gospel como manifestação cultural, assim como os eventos relacionados a ela - exceto aqueles promovidos por igrejas. Segundo a colunista Carolina Marasco, da NSC, a adesão de eventos religiosos nos mecanismos de fomento da Lei de Incentivo à Cultura pode contemplar os 63 eventos oficiais de Santa Catarina, além de outras atividades. Seria possível incluir na lista a Festa do Divino Espírito Santo e o Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora, só para citar dois exemplos da nossa região.

Só pra esclarecer: a Lei Rouanet permite arrecadação de fundos através de incentivos fiscais. Não, o governo não banca (como muita gente espalha por aí). O governo apenas abre mão de alguns impostos para que esse recurso seja investido na Cultura. Até aí, tudo bem. Mas não bastassem todas as regalias que as instituições religiosas já conseguem, como isenção de inúmeros impostos, agora os eventos de cunho religioso terão mais esse facilitador. Muito evento religioso (de todas as denominações) vai pipocar, graças a bancada da Bíblia e seus deputados. Afinal, as igrejas estão cheias de eleitores. Eu ouvi um amém?

Deputado Vavá Martins, relator do PL 2407/15

Posto de Saúde do Centro
Eu passo todos os dias em frente a este posto de saúde, que fica pertinho do CEI Onete Ramos e da escola Artur Sichmann. Faz no mínimo 3 semanas que o toldo tá pendurado, todo rasgado, não protegendo nem do sol e nem da chuva. Tá na hora de alguém tomar alguma providência. Além do estrago, esse pano pendurado na fachada do unidade de saúde é muito, mas muito feio.

Convenção do PP
Recebi do Secretário de Finanças Fernandinho Garcia um convite para a convenção do PP, que acontece no próximo dia 18, no Clube Palmeiras. No encontro serão escolhidos, através de eleição, os novos membros do diretório e executiva municipal. O PP, que faz parte do atual governo, pretende definir os caminhos rumo às eleições 2020. A convenção terá início às 8 da noite.

Por ora, é isso




linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina