Vontade de comer certos alimentos pode ser carência de nutrientes

08 Setembro 2018 09:10:00


Vontade constante de comer determinados alimentos, comer descontroladamente e de forma repetitiva, seguido de sentimento de culpa e mal estar... Aumento do peso gerando a baixa auto estima. Um quadro característico da carência nutricional. 

Estar atento aos sinais que o corpo emite é fundamental para estancar este processo extremamente danoso à saúde física e emocional. Comportamentos compulsivos são reflexos de desequilíbrio no estilo de vida e alimentação.

Uma vida equilibrada, como já citamos em outras colunas, envolve no mínimo três áreas fundamentais: alimentação saudável, atividade física regular e sono de qualidade.

Na alimentação, o desejo intenso por determinados alimentos pode, na maioria das vezes, indicar a carência de nutrientes específicos. Por exemplo:

Vontade de comer pão está associada à carência de triptofano, aminoácido importante na produção da serotonina, hormônio da alegria e bem estar. O consumo regular de pão branco agrava os sintomas, gerando também a fadiga crônica. Optar por pão integral rico em fibras e sementes, ou ainda por carboidratos com maior poder de saciedade como a batata doce, aveia, granola, quinoa ou a crepioca constituem-se em alternativas mais eficazes.

Vontade de comer doces pode indicar a carência de cromo no organismo. O consumo de alimentos como a maçã, batata doce, ovos, tomate, banana e milho podem elevar os níveis deste mineral, estabilizando a produção da insulina e controlando a compulsão pelos doces. Também um café da manhã bem feito, com frutas, ovos e cereais integrais é importante.

Vontade de comer chocolate pode estar indicando falta de magnésio, o que agrava também os sintomas de TPM e menopausa. Esta carência pode ser suprida pela ingestão regular de folhas verdes, abacate, banana, castanhas, sementes de abóbora, iogurte e peixes. A opção por chocolate com teor de cacau acima de 70% é mais indicada.

Vontade de comer carne vermelha geralmente indica carência de ferro, o que produz também a sensação de fraqueza extrema. Este pode ser fornecido ao organismo pelo consumo regular de vegetais verde escuro, feijões, aveia, algas, cereais integrais e sementes.

A solução nas carências nutricionais não está em comer grandes quantidades de qualquer coisa, mas a quantidade adequada de alimentos variados e bem combinados. Se necessário, buscar ajuda profissional é importante para evitar o agravamento dos sintomas e respectivas consequências.



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina