Saúde Mental

AUTOCUIDADO

por Joyce de Almeida Cruz

24 de Julho é o dia internacional do autocuidado, data que propõe uma reflexão sobre

os cuidados com a própria saúde e também repensar o estilo de vida que vem levando

até o momento.

Vamos começar?

Mantenha limpo o ambiente onde está, realize autoexames (prevenção ao câncer de

mama), busque informações sobre saúde, se exercite (caminhadas, alongamentos,

danças, ginásticas), tenha alimentação saudável, não fume, tenha cuidado com o uso

abusivo de álcool, evite drogas, cuide de sua higiene pessoal, use apenas medicações

com supervisão médica, tome bastante água e durma bem.

Cuide também de sua saúde mental, mantenha os autocuidados já citados e cative

esses novos: tenha amigos, tenha lazer, divirta-se, se afaste de quem te deixa pra

baixo, cative bons pensamentos, seja grato, seja solidário, não trabalhe demais e

exercite o perdão.

Os autocuidados não resumem apenas ao cuidado com o corpo, mas também aos

cuidados com nosso estado mental.

Esse conjunto de atitudes estimulam na produção da química da felicidade; os

principais hormônios produzidos quando esses autocuidados acontecem são:

endorfina, oxitocina, dopamina e serotonina. E, são eles que nos trazem a sensação

de bem estar.

Os hábitos saudáveis quando cativados impactam positivamente em nossa mente, e

isso nos impulsiona a valorizar mais a vida. Por outro lado, a negligência em relação a

si mesmo diminui não só a saúde do corpo físico, mas também afeta a autoestima. As

coisas simples do dia a dia quando ignoradas podem gerar grande estrago, além de

debilitar a saúde reduz nossa autoestima.

Pergunte a si mesmo quantas vezes por semana você toma refrigerante e come

sanduiches, ou então o quanto deixa os legumes e verduras de lado, o quanto dorme,

o quanto se importa com o que os outros pensam de você, o quanto se deixa de lado,

se está trabalhando demais, quais atividades físicas você faz, e por aí segue a lista.

Fique tranquilo, pois é possível mudar essa situação, releia os itens citados lá no início

da coluna.

O autocuidado pode estimular o autoconhecimento, isso porque aos poucos você irá

prestar mais atenção em si mesmo, estimulando assim respeitar os próprios limites e a

atender as próprias necessidades. Logo, cuidar de si passará a se tornar um prazer e

não mais uma obrigação.

Comece aos poucos e logo irá internalizar que existem formas de viver saudável.

Comece por onde você acha que consegue; toda mudança causa desconforto, e

lembre-se que ninguém pode fazer isso por você.

CUIDE-SE! AME-SE!



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina