Saúde Mental

Dizer não é saudável!

Por Joyce de Almeida Cruz

Para muitas pessoas dizer não é uma tarefa muito difícil, isso porque a palavra "não" pode estar associada a sentimentos negativos e ao egoísmo. A ausência de posicionamento pode estar ligada ao medo de julgamento e da rejeição, assim muitas pessoas cedem para tudo e acabam sendo incoerentes ao que realmente sentem e podem fazer no momento.

Quando você diz "sim" para tudo o que o outro te pede será que você está realmente sendo honesto consigo mesmo em atender essas solicitações?

Frequentemente me deparo em consultório com pessoas vivenciando quadros de ansiedade acentuada devido essa dificuldade em se posicionar, absorvendo demandas excessivas, e também aceitando situações e passando por cima de seus próprios valores para satisfazer o outro.

Assim "a cabeça não aguenta" e através de sintomas físicos, nosso corpo e mente, acabam sinalizando que mudanças são necessárias, ou seja, que você deve se tornar sua maior prioridade e repensar essa chuva de "sins".

Muitas pessoas além de ceder para tudo e para todos, ainda acabam abrindo mão dos próprios desejos para atender ao outro. E, todas as vezes que você deixa de fazer as suas coisas para atender ao outro a mensagem que você envia para você mesmo é: "eu não mereço dedicação, sou uma perda de tempo, não sou importante, minha opinião não importa, posso ficar em segundo plano, etc...".

É possível modificar essa condição. Comece a treinar alguns "NÃOS" e se coloque como prioridade. Reflita: quanto tempo você tem reservado pra si mesmo? O que de especial eu faço pra mim mesmo? Essas perguntas podem te ajudar a repensar seus posicionamentos.

Tem muita gente que tem dificuldade em dizer Não. É possível lidar com isso se assim desejar. Os recursos já estão em você só basta explorá-los. Carl Rogers, em sua teoria, aponta que todos nós nascemos com vastos recursos para auto realização o que nos permite nos organizarmos sempre que momentos de crise surgirem.

Caso você tenha dificuldade em lidar com isso sozinho procure ajuda profissional, através da psicoterapia é possível compreender o porquê dessa dificuldade e como explorar possibilidades de mudança dessa realidade para reestabelecer sua saúde mental/emocional.

Outra dica importante é: Sinalize seu limite! Seja no trabalho, no relacionamento, nas amizades, nos estudos, dentre outros. Lembre-se sempre que o outro só vai até onde você permitir. Saia da condição de vítima e seja protagonista. Respeite seus próprios limites! Deixe ir quem não te respeita.



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina