Alunos do Anita fazem protesto por falta de professor

11 Abril 2018 09:40:00

Desde o começo do ano, turmas do sexto ano estão sem aulas de inglês

Kássia Salles
Foto: Divulgação Assessoria
Vereadores John Lenon (PSDB) e Inalda do Carmo (DEM) estiveram presentes no protesto e questionam "falta de agilidade do Executivo"

A manhã desta terça-feira (10) começou movimentada na Escola Básica Municipal Anita Bernardes Ganancini. Coordenados pela professora Shirley Ladeira Magalhães, de História, alunos de seis turmas do sexto ano protestaram no começo da aula contra a falta de professor de inglês.  

A professora explica que a manifestação aconteceu nos 15 minutos de tolerância que a escola dá no começo da aula e com autorização dos pais. "Alguns alunos não participaram porque os pais não quiseram, então eles seguiram para a aula normalmente", explicou a professora. Ela também chama a atenção para a falta de monitores de inclusão para alunos com deficiências e a falta de estrutura para os professores.

"Os alunos do Monte Alegre são alunos que precisam disso, e uma boa educação é o mínimo que podemos dar a eles", ressalta. Shirley atua há 15 anos na escola e afirma que problemas como este nunca aconteceram. A escola tem, hoje aproximadamente 660 alunos, sendo 180 das turmas de sexto ano.

Secretaria abre novo processo seletivo

Em nota a Secretaria de Educação informou que nesta quarta-feira (11) foi aberto o quarto processo seletivo para preenchimento das vagas de professor de inglês. Ainda, de acordo com a própria Secretaria as escolas Abalor Amércio Madeira, Ivone Teresinha Garcia, Artur Sichmann também aguardam professor para a disciplina. "As vagas não foram preenchidas ainda porque não temos tido a participação dos profissionais nos processos seletivos, a forma legal de contratação. Temos percebido que outros municípios e o próprio Estado têm passado por esta dificuldade", aponta a Secretária Alecxandra Vitorassi.

Segundo, Vitorassi a mudança na matriz curricular que inclui a disciplina de Língua Inglesa para alunos do 1º ao 5º Ano aconteceu neste ano e, por isso houve aumento na demanda destes professores. "Além do processo seletivo geral, realizado no início do ano, outros três processos seletivos especiais foram abertos para contratação de professor de inglês. Além disso, foram chamados também todos os aprovados do concurso público ainda em vigência, assim como foi aberto processo para aumento de carga horária dos professores de inglês que já são efetivos", informa a nota.

Já em relação aos monitores de inclusão, a Secretária afirmou que devido aos registros estarem desatualizados foram solicitados aos pais novos laudos da necessidade de acompanhamento.


*Atualizada às 10h45



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina