Desfile de 7 de Setembro traz retorno da Fanfarra

08 Setembro 2018 08:36:00

Veteranos que tocaram nos anos 70 a 90 animaram a comunidade que prestigiou o evento

Uma manhã ensolarada levou centenas de pessoas para as ruas assistir ao desfile em homenagem ao 7 de Setembro, pelo feriado de Independência do Brasil, nesta sexta-feira. Após o desfile das autoridades presentes e execução do hino todas as atenções foram voltadas ao retorno da Fanfarra dos Veteranos. 

Cinquenta integrantes da antiga fanfarra municipal que atuou entre as décadas de 70 e 90 se reencontraram nos últimos quatro meses para ensaiar a apresentação desse feriado. Após sua passagem, os veteranos não fizeram a dispersão costumeira, mas permaneceram o restante da manhã em frente ao monumento Magnificat, na Praça da Paróquia Divino Espírito Santo, e seu som deu base aos pelotões que vieram na sequência do desfile.

As batidas animaram a comunidade que levantou cedinho neste feriado e encantaram os pequenos que desfilavam. As crianças que marchavam ao se aproximarem da fanfarra seguiam com as perninhas em frente, enquanto os olhinhos ficavam presos nos instrumentos musicais.

O empresário Renato da Silva, 37 anos, foi um dos veteranos que participou desse momento. Ele explica que os ensaios aconteciam de uma a duas vezes por semana conforme disponibilidade dos integrantes e com um ritmo mais intenso nas últimas semanas. Horas antes do desfile oficial, a fanfarra fez o tradicional toque da alvorada entre as 5h30 e 6h no Centro. "Há tempos a gente não se via, estudamos juntos, hoje alguns são casados, tem até avós hoje aí, foi algo bem bacana que aconteceu", conta.

A animação com a presença da fanfarra também foi sentida pela Fundação Cultural que apoiou o grupo organizando os ensaios e cedendo instrumentos e uniformes. "Emoção na verdade, tanto dos participantes, quanto da família, e de um público específico que veio especialmente prestigiá-los", comenta a assessora da Fundação, Valdete Monteiro.

Para Renato o mais importante é que a iniciativa seja levada adiante, senão com os veteranos, com novos integrantes no futuro. "O município não deveria deixar morrer, porque eu acho que o 7 de Setembro é o dia mais importante de uma nação, é o dia da Independência do Brasil. Acho que a gente deveria levar isso para sempre, que a prefeitura incentivasse a fanfarra de uma maneira geral, trazendo os alunos como foi na minha época, foi muito bacana. Era prazeroso tocar na fanfarra quando a gente ainda estava no colégio", afirma.


Imagens



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina