Verba destinada à reforma da escola Mário Garcia é cancelada

18 Agosto 2018 09:43:29

Unidade está com a quadra interditada desde 2014 e era uma das contempladas com investimento liberado para colégios da ADR de Itajaí

Foto: Arquivo LP/Schaline Rudnitzki

O ginásio de esportes da Escola Estadual Professor Mário Garcia, no bairro Lídia Duarte, está abandonada há vários anos. Desde 2014, após intervenção da Defesa Civil, o local não vem sendo usado. Há problemas estruturais, rachaduras, problemas no telhado e também na drenagem da quadra. A situação esteve perto de ser resolvida quando o governo liberou em março uma verba de R$ 9,7 milhões que seriam investidos em 15 escolas estaduais localizadas em cidades da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Itajaí. Porém, o recurso não veio para a unidade e foi remanejado para outras unidades após o Ministério Público de Itajaí obrigar o Estado a reformar escolas de lá que precisavam de manutenção emergencial. 

O vereador John Lenon Teodoro (PSDB) visitou a escola e procurou a Agência de ADR Itajaí para questionar o motivo das reformas não serem realizadas. "O descaso do Governo do Estado com as escolas de Camboriú não é novidade, e o colégio Mário Garcia é um grande exemplo disso. Será que é necessária uma tragédia para que algo seja feito?", questionou.

Com a confirmação que a verba foi destinada para outras escolas e não virá, John Lenon deu entrada num pedido no MP de Camboriú juntando os laudos técnicos que condenaram o ginásio para que sejam tomadas as devidas providencias. "infelizmente, o que era exceção, virou regra. Por causa da inércia do poder público, temos que recorrer ao Judiciário para solicitar melhorias e garantir direitos. Esperamos agora que a promotoria possa ser sensível ao caso e cobrar do Governo do Estado à realização dessa obra o quanto antes," ressalta.

Pacote de reformas

A autorização para reforma do Mário Garcia tinha sido assinada em 27 de março deste ano pelo governador Eduardo Pinho Moreira em visita ao gabinete do então Secretário Regional, Edson Piriquito, e previa contemplar também as escolas estaduais Amadio Dalago (Cedro), José Arantes (Centro), Alcuíno Gonçalo Vieira (Taboleiro) e Maria Terezinha Garcia (Monte Alegre) em Camboriú. Além de unidades de Penha, Porto Belo, Balneário Camboriú, Bombinhas, Itapema e duas escolas em Itajaí.



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina