Ciclismo

Camboriuense Silvana Alcântara desponta no ciclismo

Com apenas três anos de trajetória no esporte, a atleta já acumula títulos de campeã catarinense e vice-campeã no ranking nacional

Silvana coleciona medalhas e troféus

Por Nicolle Prado

A ciclista camboriuense Silvana Alcântara alcançou as principais colocações nas competições que participou no mês de setembro. As provas foram o Desafio Mucugê de Ciclismo, realizado na Bahia; e a Copa Soul SC de Mountain Bike, que aconteceu em Ituporanga, levando para casa as medalhas de prata e ouro, respectivamente.  

Silvana começou a pedalar há cerca de três anos, ao receber o convite de amigos e familiares que já praticavam o esporte em grupos pela região. A partir disso, a atleta, que já era fã de esportes, resolveu se inscrever em sua primeira prova. O desafio foi em 2017, realizado em Lages, no Campeonato Serrano de Mountain Bike, que consiste em seis etapas, cada uma com cerca de 50km, e que no final, acumulam pontos para o Campeonato Catarinense. "Na primeira prova, já consegui pódio, aí peguei gosto pela coisa", comenta a ciclista.

De lá para cá, a atleta se associou a Federação Catarinense, e começou a participar de competições estaduais e nacionais, acumulando pontos para esses rankings. Em 2018, alcançou o título de Campeã catarinense e chegou a ficar como Vice-Campeã Brasileira de Ciclismo. "Para um começo foi bem gratificante", diz.

Silvana concilia o esporte com uma rotina atarefada de mãe, trabalhadora e dona de casa. Com dois filhos, a atleta acorda cedo, leva os filhos para a escola, treina todos os dias por duas horas, cuida da casa e ainda trabalha em uma farmácia da cidade. Mesmo com os desafios diários, ela leva um dia a dia regrado, sempre se alimentando bem e se hidratando para estar preparada para as competições.

 O Desafio Mucugê de Ciclismo foi realizado no dia 08, na Bahia, e somou pontos para o ranking nacional. A prova teve um percurso de 51km, que Silvana realizou em 2 horas e 25 minutos, em disputa com cerca de outras 50 competidoras. Para ela, foi um dos momentos mais marcantes da sua trajetória como ciclista. "A prova foi bem dura, alguns trechos com bastante vento, mas eu consegui. Fui me superando e me superando. Quando eu terminei como segunda colocada, fiquei bem feliz" e ainda acrescenta "Essa colocação teve um sabor de mel. Foi maravilhosa".

 No último domingo, 15, a atleta participou de outro desafio, um dos mais importantes a nível estadual, o Copa Soul SC de Mountain Bike, em Ituporanga, que também acumula pontos para o campeonato brasileiro. Essa etapa contou com um trajeto de 64 quilômetros de subidas e muito lama, mas que trouxeram para a camboriuense o lugar mais alto do pódio: o de campeã.

 Silvana pretende seguir sua carreira como atleta, sempre em busca de alcançar o primeiro lugar a nível nacional. "A gente quer sempre mais né? Quero viajar mais para fora do estado para sair do segundo e ir para o primeiro." finaliza a ciclista.




linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina