MERCADO EXTERNO

Arábia Saudita suspende importação de carne de frango de Santa Catarina

22 Janeiro 2019 16:12:00

Medida atinge as catarinenses BRF e JBS, além de outros três frigoríficos brasileiros

Foto: Foto: Agência Brasil

A Arábia Saudita, atualmente a maior importadora de carne de frango no Brasil, desabilitou cinco frigoríficos da lista de exportadores brasileiros para o país, entre eles os catarinenses BRF e JBS. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) tomou conhecimento da medida ontem à noite (21), por meio de relatório publicado pelo serviço sanitário da Arábia Saudita. Na mensagem enviada estaria o comunicado do descredenciamento das unidades. A informação do cancelamento foi confirmada pelo presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra.

A suspeita é que a retirada das empresas brasileiras do mercado da Arábia Saudita seja o começo das barreiras econômicas colocadas devido a intenção do governo federal de transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, em Israel.

A Arábia Saudita representou 14% das exportações de carne de frango do Brasil em 2018. A China, segunda maior exportadora, ficou com 11%.Até então, 58 frigoríficos estavam habilitados a exportar para a Arábia Saudita, porém, apenas 30 efetivamente exportavam. Com a medida, restam agora 25 plantas industriais. Isso representa cerca de 256 mil toneladas de carne de frango que deixarão de ser exportadas levando em consideração os números de 2018.

O Ministério ainda está examinando o relatório e encaminhará aos estabelecimentos as recomendações apresentadas.

Repercussão em SC

A Secretaria de Agricultura de Santa Catarina ainda não se manifestou a respeito. Se confirmada a suspensão, a medida terá impacto significativo para o agronegócio do Estado. Conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, de janeiro a dezembro de 2018, Santa Catarina exportou no total US$ 8,95 bilhões em produtos. Um dos destaques foi justamente as carnes de aves, que tiveram um crescimento de 5,5% no ano, em relação ao mesmo período de 2017.

Posicionamento da ABPA

Em nota publicada no portal da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) a entidade confirma que somente 25 plantas industrias estão autorizadas a exportar carne de frango para a Arabia Saudita e que as empresas constam em uma lista divulgada pelas autoridades sauditas.

Sobre a suspensão, a informação que consta na nota divulgada é de que "as razões informadas para a não-autorização das demais plantas habilitadas decorrem de critérios técnicos. Planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações." 

Além disso, a informação é de que "a ABPA está em contato com o Governo Brasileiro para que, em tratativa com o Reino da Arábia Saudita, sejam solvidos os eventuais questionamentos e incluídas as demais plantas."

Com informações da Rede Catarinense de Notícias.



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina