Vacinação contra febre amarela tem dia especifico por bairro

10 Março 2018 09:48:05

Equipes atendem livre demanda nas unidades de Saúde do Centro e no bairro Monte Alegre

Foto: Divulgação/PMC

A Secretaria de Saúde de Camboriú estipulou um cronograma de aplicações da vacina contra febre amarela para atendimento das pessoas que pertencem aos grupos que precisam ser imunizados. Quem precisar ser vacinado deve procurar a Unidade de Saúde do bairro de referência nos dias estabelecidos. A justificativa da prefeitura é que com o cronograma evita-se o desperdício de doses. 

Fazem parte desse público os moradores que irão viajar para locais com maior risco de contaminação; crianças de nove a 10 meses e 29 dias. Quem vai para áreas de risco deve ficar atento às datas de aplicação no seu bairro, já que a vacina contra febre amarela deve ser aplicada 10 dias antes da viagem. A diretora da Vigilância em Saúde, Josiane Farias, explica que cada frasco da vacinação contém cinco doses e, após aberto, tem validade de seis horas. "Por meio do cronograma de aplicações, assim como já é feito com a vacina BCG, conseguimos evitar desperdícios desnecessários e atender um número maior de pessoas. Por isso contamos com a colaboração da população", explica.

Outra indicação para os moradores que irão viajar para áreas com recomendação é que devem apresentar documento original com foto, cartão nacional do SUS com endereço atualizado e caderneta de vacinação para serem imunizados. Gestantes, pessoas com alergia a clara de ovo, portadores de doenças crônicas ou idosos com mais de 60 anos só poderão tomar a vacina se houver prescrição médica.

Na segunda-feira a vacinação é realizada no Cedro, na terça-feira nos bairros Rio Pequeno e Santa Regina, às quartas-feiras no bairro São Francisco de Assis, na quinta-feira no bairro Conde Vila Verde, e nas sextas-feiras nos bairros Areias e Taboleiro. Sendo que a unidade do Centro e a do CAIC Monte Alegre atendem demanda livre.



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina