Vereador denuncia falta de profissionais no pronto socorro

10 Janeiro 2018 11:19:00

Prefeitura alega que problema ocorre devido a alta rotatividade de profissionais

Foto: Divulgação

O vereador John Lenon Teodoro (PSDB) esteve no pronto socorro do Hospital Cirúrgico de Camboriú na última segunda-feira (08) para averiguar denúncias sobre a falta de profissionais e afirma que no momento faltam enfermeiros, médicos e até auxiliares de limpeza. Segundo ele, seriam necessários quatro auxiliares na limpeza e hoje há apenas um com carga horária de seis horas, deixando a unidade sem o serviço durante a maior parte do dia.

Já no atendimento, o vereador acredita que seria preciso haver dois médicos, quatro enfermeiros e mais um técnico em enfermagem. "A noite, principalmente fins de semana, só tem um médico. Precisaria de mais um para diminuir o tempo de espera. Me informaram que tinha dois enfermeiros, e um ainda pediu para sair", explica.

John conta que procurou o prefeito Élcio Rogério Kuhen para falar sobre o assunto e recebeu a garantia de que haverá reposição e ampliação no número de funcionários do pronto socorro. "Vou aguardar as ações prometidas pela prefeitura, e continuar acompanhando e fiscalizando", afirmou o vereador. 

Em nota a prefeitura informou que "fez processo seletivo para colocar profissionais no Hospital. Desde que foi concluído, estão sendo chamados esses profissionais. O problema é que até agora houve rotatividade alta das pessoas que estão sendo chamadas. Mas a Secretaria segue chamando e está resolvendo, remanejando recuso humano, inclusive, para que o Hospital não fique desassistido".


linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina