ESPECIAL ELEIÇÕES 2018

Camboriú registra problemas na validação da biometria para votação

07 Outubro 2018 14:49:00

Eleitores que realizaram a revisão do eleitorado não foram impedidos de votar; dados biométricos não foram importodos do IGP para o município

Alan Vignoli/LP

Camboriú registrou alguns problemas de validação da biometria durante a votação deste domingo (07). Porém, os eleitores que fizeram a revisão obrigatória do eleitorado e o cadastro biométrico e tiveram algum problema na identificação, puderam votar normalmente após apresentar o título de eleitor e documento oficial com foto.

A cidade conta 47.674 eleitores aptos a votar, em 151 seções.  O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) previu que o tempo médio que cada eleitor deveria ficar na cabine de votação seria de dois minutos, mas Camboriú teve filas em diversos locais.

Segundo a juíza auxiliar da 103ª Zona Eleitoral de Balneário Camboriú, Patrícia Nolli, esta é uma eleição em que já é prevista uma demora maior pela quantidade de votos e principalmente para as pessoas que não estão acostumadas com este sistema eletrônico. 

A juíza reiterou ainda que nos casos em que a pessoa estava com o cadastramento biométrico em dia e teve algum problema para validar, é feito um relato em ata e, após a conferência dos dados, ela já pode iniciar a votação. 

Além do aumento do número de eleitores na cidade, a fiscal da Justiça Eleitoral, Nicole Sthanke, também aponta que contribuíram para o aumento das filas casos de pessoas que não fizeram o cadastramento biométrico, esqueceram documentos ou não sabiam em qual seção eleitoral iriam votar. 

Camboriú não teve biometria importada do IGP

A reportagem de Linha Popular confirmou com o cartório da 103ª Zona Eleitoral de Balneário Camboriú que em Camboriú não foi importada nenhuma biometria do IGP. Assim só poderão votar aqueles que cadastraram a biometria na Justiça Eleitoral durante o período estipulado.

De acordo com o TRE-SC, 9664 títulos foram cancelados na cidade neste ano, em 90% dos casos porque a pessoa deixou de fazer a revisão eleitoral. Outros 632 títulos estão suspensos no município.  





Imagens



linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina