Entrevista

Linha Entrevista: Sandra Pereira

28 Janeiro 2019 20:31:00

Foto: Luiz Antonio Tecau

Sandra, como surgiu o convite para assumir a Fundação Cultural de Camboriú? 

Doutor Elcio disponibilizou uma vaga para o PR (Partido da República), da qual eu sou filiada. Sou tesoureira do PR. Temos um vereador (Piteco) que faz parte da base do governo. Além disso, trabalhei na clínica do Doutor Elcio anteriormente, sou uma pessoa de sua total confiança.  

 A sua antecessora, Judite Piza, tinha uma equipe formada. Como fica essa equipe com você? 

Eu fui muito bem acolhida por essa equipe, que é unida, pra frente, passa uma energia boa. Tivemos uma conversa, nos conhecemos, nos apresentamos e depois tomamos um café. me senti em casa. Com o decorrer do tempo eu vou avaliar melhor a equipe, mas não pretendo mudar ninguém. 

 Inovação: o que vai acontecer de novo na Fundação Cultural? 

A princípio, quero manter os projetos atuais, que já fazem parte do calendário. E vou atrás de parcerias. Quero encontrar com empresários, trazer voluntários para ministrar cursos. Fazer algo diferenciado. Mas eu gostaria muito de resgatar o Baile Municipal. vou conversar com o prefeito para ver a possibilidade da realização do baile este ano. Outra novidade que também está nos planos é realizar um Grito de Carnaval, uma abertura oficial do carnaval, que é tão tradicional no Salão do Gustavo. Mas a intenção é fazer a abertura oficial do carnaval na Praça (das Figueiras). 

 Como você pretende mobilizar essas pessoas para a causa? 

Vou no cara a cara, tenho muitos contatos na cidade e até nos municípios vizinhos e vou usar dessa estratégia para me aproximar das pessoas a trazê-las para a Cultura. 

 O orçamento destinado a Cultura é muito limitado. Como você pretende trabalhar com poucos recursos?

Pretendo buscar recurso federal e estadual, através de deputados...Pretendo ir até eles para buscar esses recursos para Camboriú. Além disso, fechar parcerias. 

 Oficinas: já existe data para iniciar os cursos? 

De acordo com o calendário oficial, as oficinas começam a partir de fevereiro. Já estou em contato com professores voluntários para que venham ensinar nas oficinas. 




linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina