Projeto de Lei quer extinção do uso de canudos plásticos em Camboriú

Proposta foi aprovada por unanimidade em primeira votação; se sancionada estabelecimentos terão 180 dias para se adequarem

Foto: Reprodução Internet

Com o objetivo de ampliar os cuidados com o meio ambiente, a vereadora Márcia Regina Freitag (PSDB), também presidente da Câmara, propôs no Projeto de Lei 25/2018 que seja obrigatório o uso de canudos de papel biodegradável nos bares, restaurantes e lanchonetes de Camboriú. O projeto foi aprovado por unanimidade em primeira votação na sessão da última terça-feira (25). 

Leis como essa têm se espalhado pelo país como uma proposta de consumo mais sustentável, afinal, os tradicionais canudos de plástico demoram até 200 anos para se decompor e tem poluído cada vez mais os oceanos.

O projeto prevê que no descumprimento da Lei e uso dos canudos plásticos o estabelecimento infrator receba multa no valor de 10 UFM's (unidades fiscais do município) e na reincidência a multa passe para 20 UFM's. Em setembro o UFM é equivalente a R$ 33,24, ou seja, uma primeira multa valeria R$ 332,24. O projeto ainda passa por uma segunda votação. Se sancionado os estabelecimentos terão um prazo de 180 dias para se adequarem.




linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina