ESPECIAL ELEIÇÕES 2018

Quem são os camboriuenses na disputa eleitoral 2018

Seis nomes concorrem pelas vagas de Deputado Estadual e Federal no pleito deste domingo (07)

Seis camboriuenses tiveram seus nomes definidos em convenção para disputa a cargos de deputado estadual e federal no pleito de 2018. O vice-prefeito Ramon Jacob sai como candidato a deputado federal pelo PSB, bem como o Pastor Júnior (PSL). Já a vereadora Jane Steffen (REDE), Altamir Montibeller (Podemos), Elisângela Maria Mazzega (Solidariedade) e Jana Marla Alves (PSL) disputam pela vaga como deputados estaduais. 

O Linha Popular traz um breve perfil de cada candidato com um resumo de suas propostas e a indagação: Se eleito, como você poderá ajudar Camboriú? Confira:


Nome completo: Altamir Montibeller (Podemos)

Candidato a: Deputado Estadual

Idade: 59 anos

Formação: Técnico em Agropecuária pelo Instituto Federal Catarinense - antigo Colégio Agrícola.

Vivência política: Foi candidato a prefeito de Camboriú nas eleições de 2016 e Secretário de Esportes por sete anos

Principais propostas

Saúde, Educação e Esporte: Proponho trazer recursos para os municípios.

Meio Ambiente: Quero buscar recursos para desenvolver projetos voltados ao meio ambiente, além de defender projetos de leis que visem preservar o mesmo.

Segurança Pública: Incentivar e lutar para estabelecer a cooperação entre o Estado e a comunidade local, a fim de incentivar práticas de vigilância e ações preventivas.

Linha Popular - De que forma você acredita que poderá, se eleito, ajudar Camboriú?

Altamir Montibeller - Vou trabalhar pelo nosso município, fiscalizar o governo e vou brigar para trazer verbas para nossa cidade. Camboriú se acostumou a viver de migalhas, nunca conseguimos eleger um deputado estadual. Está na hora de Camboriú ter respeito e ter alguém brigando pela nossa cidade em Florianópolis. Precisamos sim votar num candidato da nossa cidade para que ele possa brigar por projetos e recursos que melhorem nosso município. Faltam recursos para Saúde, falta Segurança. Falta tudo. Somos uma cidade que precisa de alguém represente nossa população. Vou estar lá sendo esse guerreiro por Camboriú.


Nome completo: Elisângela Nóbile (Solidariedade)

Candidata a: Deputada Estadual

Idade: 42 anos

Formação: Assistente Social

Vivência política: Líder evangélica tem realizado um grande trabalho na comunidade regional, onde possui família numerosa.

Principais propostas

Pretende ao lado do marido Ernesto Nóbile, experiente na política e ex-prefeito de Assis (SP), lutar pela emancipação do Distrito do Monte Alegre (Conde Vila Verde, Tabuleiro, Jardim Esperança e Canhanduba) criando um novo município a ser batizado de Camboriú Alegre.

Linha Popular - De que forma você acredita que poderá, se eleita, ajudar Camboriú?

Elisângela Nóbile - Prego a renovação na política regional, além de uma política voltada para a instalação de indústrias, isto para que Santa Catarina não viva apenas do turismo. Pretendo lutar pela Segurança Pública e por mais verbas para a Educação e Saúde, que está na UTI.


Nome completo: Jana Marla dos Santos Alves (PSL)

Candidata a: Deputada Estadual

Idade: 33 anos

Formação: Superior Incompleto em Tecnologia de Negócios Imobiliários

Vivência política: "Primeira vez que deixo meu nome a disposição para uma candidatura, o que me impulsionou foi uma mistura de sentimentos com vontade de fazer mais pela sociedade e não poderia ficar neutra nesse momento tão crítico".

Principais propostas

Saúde: Trazer recursos Estaduais para os hospitais de nossa região. Como, por exemplo, o hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e Pequeno Anjo, em Itajaí, que atualmente atendem mais de um município e que precisam de repasses de verba para que os atendimentos tenham continuidade.

Segurança: Melhorar o aparelhamento das Polícias Militar e Civil. Trazer a Ativa Militares da Reserva para serviços internos e administrativos.

Educação: Aumentar o número de Escolas Militares pelo Estado e Escola sem Partido.

Linha Popular - De que forma você acredita que poderá, se eleita, ajudar Camboriú?

Jana Marla - Se eleita, terei comprometimento em fiscalização, legislação e desburocratização do imposto Estadual de cada município, acelerando o crescimento, desenvolvimento e sustentabilidade com grande impacto.


Nome completo: Jane Stefenn (REDE)

Candidata a: Deputada Estadual

Idade: 44 anos

Formação: Processos Gerenciais e Gestão de Pessoas

Vivência política: Vereadora em Camboriú pelo terceiro mandato disputou sua primeira eleição em 2000 a convite de Wilson Plautz. Em 2008, conquistou a suplência assumindo como vereadora por dois anos. Em 2012 foi eleita com 725 votos e em 2016 com 931.

Principais propostas

"Na Alesc, quero estender minha linha de trabalho lutando pelo fim dos privilégios dos deputados estaduais e na intensa fiscalização do dinheiro público. Além disso, quero tornar realidade a integração do transporte coletivo entre as cidades de Camboriú, Itapema, Balneário, Itajaí e Navegantes para facilitar a vida dos trabalhadores e impulsionar o desenvolvimento da economia local. Também defenderei a formação de consórcios intermunicipais de segurança pública de maneira a integrar o trabalho e os investimentos das guardas municipais no combate à violência".

Linha Popular - De que forma você acredita que poderá, se eleito, ajudar Camboriú?

Jane Steffen - Somos a 15ª cidade catarinense em população, mas na distribuição de verbas e programas ficamos muito atrás nesse ranking, porque somos esquecidos pelos que estão na Alesc e no governo do Estado. Por isso, precisamos eleger uma representante da nossa cidade capaz de trazer recursos para Camboriú em forma de emendas parlamentares, por meio de programas do governo estadual como o Centro Dia do Idoso, para brigar por mais policiais e estrutura para nossa segurança, além de verbas para investir na saúde e educação.


Nome completo: Ramon Marcides Jacob (PSB)

Candidato a: Deputado Federal

Idade: 30 anos

Formação: Graduado em Logística, MBA Finanças Empresariais e graduando em Administração Pública.

Vivência política: Atualmente vice-prefeito de Camboriú

Principais propostas

"Minha campanha tem como principais compromissos o combate aos privilégios políticos, combate à corrupção e a destinação de no mínimo 80% a dos recursos para nossa região. Há 24 anos não temos um representante na Câmara Federal, com isso acabamos perdendo investimentos em todas as áreas cerca de R$ 15 milhões ano e R$ 60 milhões no mandato.

É importante deixar claro que a renúncia aos privilégios depende do próprio político, então essa é a forma de começar fazer a diferença e demonstrar respeito ao dinheiro público e isso tenho feito durante meus dois anos de mandato na prefeitura de Camboriú".

LP - De que forma você acredita que poderá, se eleito, ajudar Camboriú?

Ramon Jacob - Hoje nossa cidade sofre com o baixo orçamento, isso porque temos que remanejar poucas verbas que vem para nosso município e sei disso, pois estive na prefeitura. E quando vamos à Brasília solicitar recursos para deputados, conseguimos um pouco ali um pouco aqui, mas nenhum que abrace a causa com todas as forças.

Porque eles não são daqui, então vão encaminhar verbas para municípios de sua origem. Por isso temos que ter nossos representantes, para lutar pelas nossas causas e abraçar nossa cidade como prioridade. Portanto, me coloquei à disposição, para ajudar, porque nasci aqui, moro aqui e quero ver minha cidade crescer.


Nome: Silvio Cardoso Júnior (PSL)

Candidato a: Deputado Federal

Idade: 49 anos

Formação: Direito, Teologia e Ciências Humanas e empresário do ramo farmacêutico

Vivência Política: Atuo na política desde muito cedo, porém agora decidi de concorrer a um cargo político.

Principais Propostas

Saúde: "Quero fiscalizar a aplicabilidade das Leis. As leis devem e precisam ser cumpridas na íntegra. Além desta demanda, é preciso criar mecanismos federais para desburocratizar a Saúde, para facilitar a busca de recursos e compra de materiais, contratação de médicos e profissionais em municípios do País".

Segurança: "Um dos temas a ser abordado em Brasília, é a organização do Ciclo Completo das Polícias. PM, Civil e demais forças de segurança precisam ter autonomia de iniciar e terminar os processos de uma ocorrência. O Estado não pode infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal, e também não pode terceirizar a segurança".

Educação: "Nossas crianças não precisam de doutrinação partidária, sexual, ou qualquer outra ação impositiva que as façam duvidar de sua própria natureza. É necessário que o Estado cumpra com o plano nacional de Educação. Vou trabalhar em prol dos professores, alunos e demais profissionais da educação".

LP - De que forma você acredita que poderá, se eleito, ajudar Camboriú?

Silvio Cardoso Jr - Acredito que Camboriú precisa de um representante que não se prive de fazer enfrentamentos em Brasília. Há muitas demandas na cidade, e a responsabilidade sempre fica a cargo do município. Porém a cidade está limitada, com orçamento raquítico e não tem poder de investimento. Quero trazer recursos para Obras, e mostrar o caminho do progresso a Camboriú.







linhapopular sim




Logo branca.png

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina